Redacção: Ernestina Pinheiro | Design Gráfico: Carla Gaspar | Edição nš 9 | Julho 2011

...........................................................................................................................................................................

"Que nunca o livro fique longe das tuas mãos e dos teus olhos"


A pensar nestas palavras de S. Jerónimo, conhecido como tradutor da Bíblia do grego antigo e do hebraico para o latim e padroeiro dos bibliotecários, a Biblioteca Escolar continuará a disponibilizar livros durante as férias para que se possa cumprir um dos seus objectivos: Formar leitores.
Formar leitores é uma tarefa da escola mas também é fundamental o contributo dos pais na aproximação dos filhos aos livros, pelo que aqui ficam algumas notas retiradas do livro "Fazer Leitores …. e Escritores " de José Jorge Letria.
Mostre-lhe que o livro não é somente um volume de papel, mais ou menos atraente, mais ou menos ilustrado. Diga-lhe que o livro tem sempre a vida de quem o escreveu somada à vida de quem o lê e que sabe guardar segredos ou partilha-los com quem merece.
Não alimente nunca a ideia de que o preço do livro é demasiado elevado para aquilo que ele vale. Pode não haver condições materiais para o comprar, mas isso não significa que se crie a impressão de que é um gasto desnecessário ou supérfluo. O que se gasta na compra de um bom livro, quando o momento é fazer leitores, é sempre um investimento para o futuro.
Contrarie a ideia de que os livros ocupam demasiado espaço, que criam pó e que esse pó faz mal à saúde. O pó pode ser eliminado com uma limpeza regular, a ignorância, pelo contrário, é muito mais difícil de combater e de erradicar. Pode levar décadas ou séculos a ser removida.
Fomente o hábito de ter sempre um ou mais livros na bagagem quando parte de férias.


Boas férias e boas leituras!

.....................................................................................................................................................................

.

.......Isto

.... .Dizem que finjo ou minto
......Tudo que escrevo. Não.
......Eu simplesmente sinto
......Com a imaginação.
......Não uso o coração.

......Tudo o que sonho ou passo,
......O que me falha ou finda,
......É como que um terraço
......Sobre outra coisa ainda.
..... Essa coisa é que é linda.

......Por isso escrevo em meio
......Do que não está de pé,
......Livre do meu enleio,
......Sério do que não é.
......Sentir? Sinta quem lê!

Fernando Pessoa

x

 

PARTILHA. COLABORAÇÃO. ARTICULAÇÃO. PARTICIPAÇÃO. RELACIONAMENTOS

O QUE ADQUIRIMOS

 

FILMES

 

 
 
Babel de Alejandro González Iñárritu
O Estranho Caso De Benjamin Button de David Fincher
À noite no Museu de Ben Stiller (oferecido pelos alunos)

 

LIVROS

Classe 5

Classe 7
- Planeta em Perigo, Nick Arnold Doados
- VIH, O bicho da Sida, Rui Zink
- Porque é a música clássica ainda importante?, Lawrence Kramer
   
Classe 8 Classe 9
- O Tesouro do Veleiro Espanhol, Mafalada Moutinho
- Cartas da Beatriz, Mª Teresa Maia Gonzalez
- O diário de um banana: Um dia de cão, Jeff Kinney
- Charlie e a Fábrica de chocolate, Roald Dahl
- Um acampamento nas cataratas de Niágara, Geronimo Stilton
- SOS Español! - Vocabulário, Luisa Moreira
- SOS Español! - Gramática, Luisa Moreira
- En Gramática: exercícios de español, Concha Moreno
- Conjugação dos verbos espanhóis, Herman Willers
- As Origens de Portugal, Rómulo de Carvalho
- Nobel, Luís Lopes
- O 25 de Abril contado às crianças … e aos outros, José Jorge Letria
 
O QUE SUGERIMOS
LER+ por sugestão da Biblioteca
 
LER+ por sugestão dos alunos

A ilha do tesouro de Robert Louis Stevenson

Uma história intemporal repleta de personagens fantásticas e cenas memoráveis

"No tempo dos piratas e das grandes caravelas. Jim Hawkins anda á procura de um tesouro enterrado pelo famoso pirata Capitão Flint. Essa é a história de A ilha do tesouro, narrada pelo jovem aventureiro. A ilha do tesouro é o arquétipo dos romances de aventuras. Mas foi o relato de Stevenson com Long John Silver de perna de pau, tricórnio na cabeça e duas pistolas à cintura que entrou na memória colectiva e marcou gerações de leitores. É quase impossível contar as adaptações de que o romance foi objecto, da televisão ao cinema e da banda desenhada.
A ilha do tesouro nasceu de um jogo que Stevenson , então com trinta ano se já um escritor reconhecido na sua Escócia natal, inventou para brincar com o enteado Lloyd. O jogo tornou-se uma aventura escrita, mas de início Steveson nem sequer a destinava ao prelo. Foi um amigo quem o convenceu a enviá-la para uma publicação juvenil., Young Folks, onde começaria a ser publicada em Outubro de 1881, sob a forma de folhetim e com um título bem diferente: O cozinheiro "


 


Cartas da Beatriz de Maria de Teres Maia Gonzalez

A autora escolhe o registo do romance epistolar neste seu novo livro juvenil que nos leva ao mundo do bullying, no feminino.
Beatriz é uma rapariga de 14 anos que vive atormentada pelas constantes agressões de um grupo de três colegas da sua escola que, a cada dia que passa, vão transformar a sua vida num autêntico pesadelo que gera o pânico.
Para desabafar a sua angústia, Beatriz escreve ao Pai ( que vive a 500 quilómetros de distância e desconhece os seus sofrimentos). No entanto, só a última carta será enviado aos eu destinatário…

 

 

Charlie e a fábrica de chocolate de Roald Dahl

Um livro delicioso. De ler e chorar por mais!

Alexandra Alves - 7º C

Harry Potter e os talismãs da morte de J. K. Rowling


Apenas me limito a estas palavras, pois é um livro indescritível

Mafalda Alves - 7º C


Varjak de S.F. Said

Uma história com um gato Azul Russo, chamado Varjak Pow.
Para salvar a família tem de sair para o mundo exterior à procura de um cão. Faz novas amizades, enfrenta perigos e aprende com o seu antepassado Jalal as Sete Aptidões do Caminho.

Beatriz Gomes - 8º E

 
 

AS NOSSAS ACTIVIDADES

Auto-avaliação do domínio D da biblioteca com o contributo dos alunos, docentes e director;

Lançamento de um questionário a alunos sobre a utilização das redes sociais;

Formação a alunos do 6º ano sobre a utilização do programa "Audacity";

Concurso "Faz lá um podcast";

Feira do Livro de 20 a 22 de junho;

 

 

Momentos Musicais e Poéticos. Espectáculo de dança, música e poesia organizado pelos professores de música , BE e clube de dança do desporto escolar e com a colaboração dos docentes de EVT e Português, integrado no projecto aler+

Entrega de prémios aos alunos com mais empréstimos domiciliários e ao aluno vencedor do concurso "Um leitor com supervisão"

A BE e os seus utentes